Make your own free website on Tripod.com

 

 

 

O porquinho-da-índia é um animal herbívoro (Alimentação) cujos dentes estão em constante crescimento. Isto explica-se pelo facto de no estado selvagem ele ter de comer muito para conseguir obter o valor nutritivo necessário ao seu bem-estar. Este é um dos primeiros aspectos importantes na sua manutenção já que uma alimentação desequilibrada poderá levar a problemas nos dentes, para os quais, infelizmente, ainda não há resposta eficiente na comunidade veterinária portuguesa, dado o muito reduzido número de profissionais que têm conhecimento sobre a espécie (Problemas de Saúde).

      A sua alimentação consiste em ração, feno e vegetais frescos os quais eles gostam de receber a horas certas (e acredite que é um prazer ouvi-los a guinchar a avisar que já está na hora)! Para além da necessidade de mudar a gaiola regularmente não há muito mais que eles precisem de si. Apenas uma boa dose de carinho e a hipótese de poder passear diariamente no chão (ou outra área maior que a da sua gaiola) já que são animais sedentários que necessitam de correr para se exercitar (não esquecendo de os proteger de zonas com cabos eléctricos).

Visão: Não muito apurada mas permitindo ver algumas cores e perceber movimentos rápidos.

Olfacto: Varia muito.

Audição: Muito apurada e com maior extensão que a do ser humano.

 

 

Dados Biológicos

Temperatura corporal 38,6º
Batimentos cardíacos por minuto 280
Frequência respiratória 80
Peso médio Machos: 900 - 1180g
Fêmeas: 860 - 900g
Peso à nascença 57 - 85g
Tamanho das ninhadas

1ª ninhada: 2/3

Ninhadas subsequentes: 3/6

Extensão de vida 5/7 anos

Regras de Ouro

ùNunca hospedar Porquinhos-da-Índia juntamente com coelhos pois pode resultar em danos nos porquinhos causados pela força das patas traseiras dos outros.

 

ùNunca dar bolas ou rodas de exercício a Porquinhos-da-Índia como as que os hamsters usam (mesmo quando a embalagem diz que são para porquinhos) porque podem magoar as costas ou ficar com uma pata presa.

 

ù NUNCA deixar uma criança pequena pegar num porquinho sem supervisão.

 

ù NUNCA deixar Porquinhos-da-Índia sem supervisão na mesma sala que gatos ou cães.

 

ù NUNCA dar maçã sem ser cortada em pequenos cubos que evitem a necessidade dos porquinhos os trincarem para os meterem na boca.

 

ù Ter SEMPRE feno à disposição.

 

ù NUNCA deixar na gaiola vegetais que não tenham sido ingeridos uma vez que podem causar diarreia.

 

ù NUNCA deixe o seu porquinho directamente ao sol pois isso poderá causar-lhe a morte.

 

ù Tenha especial CUIDADO com correntes de ar já que os Porquinhos-da-Índia facilmente se constipam em ambientes climáticos pouco estáveis.

 

ù Saiba desde o primeiro dia onde se dirigir se o seu porquinho adoecer. O intervalo de acção e a experiência em roedores do veterinário serão os elementos decisivos da batalha.

 

Visite o álbum e deixe as suas fotos:
Free Photo Albums from Bravenet 

Último update: 7 de Março

®Os 3 Porquinhos 2004-6

Assine o Livro de Visitas:
Free Guestbook from Bravenet 
Marque a sua localização no Mapa: 
Free Guestmap from Bravenet